X

Bruno Pelegrini 06/07/2011 - 02:34

Rocksteady focada no equilíbrio de vilões em Batman Arkham City

No decorrer do desenvolvimento de Batman: Arkham City a Rocksteady tem lutado com o problema de fazer as lutas com os adversários do Cavaleiro das Trevas durante o jogo serem divertidos. O caso se complica ainda mais quando se trata de personagens já bem conhecidos por aqueles que conhecem o morcego, como diz o gerente de marketing responsável pelo titulo Dax Ginns "É algo que os jogos muitas vezes têm dificuldade em fazer simplesmente porque um personagem famoso como Pinguim, Coringa ou Charada são geralmente tratados como encontro de chefe, você não pode apenas ir até um chefe dar-lhes um soco, mas na realidade se Batman desse um soco no Charada, ele iria nocauteá-lo."

Na sua busca de "intimidade" e "conexão" entre Batman e seus inimigos, a Rocksteady buscou maneiras de trazer vilões em Arkham City de modo que permitam tornar o jogo mais interessante.  No caso do Charada, ele aparece freqüentemente como uma imagem projetada para provocar e estimular Batman a seguir adiante.
"Eu acho que é uma espécie de conexão, muito emocional agradável onde você realmente não pode esperar para por suas mãos em seu pescoço.
Esse é o tipo de coisas que estamos falando, essa é a intimidade que estamos realmente querendo falar ", disse Ginns.

Assim a Rocksteady procura tornar o game mais próximo dos quadrinhos para equilibrar como o morcego irá enfrentar seus principais inimigos.

"Eles são seres humanos. Eles são mortais. Batman é um cara mortal, mas ele é incrivel, por isso temos a certeza de que todos de repente alguém como Charada não pode apenas desenvolver a força sobre-humana, porque não faz sentido no jogo.  Charada é um cara inteligente, mas ele não é um poço de energia, e assim o combate entre Batman e Charada existe no nível intelectual. "

Na trama, o prefeito Quincy Sharp, antigo diretor do Asilo Arkham, murou bairros inteiros de Gotham, criando Arkham City, uma cidade que funciona como uma super-prisão. A única regra existente é que seus habitantes não podem sair de lá. O Batman, claro, não gosta nada disso - e passa a patrulhar o lugar. A jogatina deve durar perto de 40 horas, contando não somente as missões principais do game, mas também as demandas secundárias.

Batman: Arkham City será lançado em 18 de outubro para PC, PS3 e XBOX 360.

Fonte: VG247

comments powered by Disqus